AMEE-MT participa de Workshop realizado pela Energisa

access_time 5 anos atrás

A concessionária de energia de Mato Grosso, Energisa, realizou dias 05 e 06 de abril, o 2º Workshop de Procedimentos Comerciais e Técnicos, evento voltado para as entidades de classe, sindicatos patronais, empresas da indústria e do comércio, entre outros setores. A intenção do workshop foi de atualizar os procedimentos comerciais e técnicos tanto para profissionais da área, como para clientes da rede elétrica.

Entre os temas abordados foram estrutura de atendimento para clientes do Grupo A, procedimentos para tratamento de viabilidade técnica, contratos de fornecimento, projetos de geração distribuída; procedimentos para análise e projetos particulares, normas técnicas e canais de atendimento aos clientes.

De acordo com o presidente da Associação Mato-grossense dos Engenheiros Eletricistas (AMEE-MT) e diretor financeiro do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), Edson Domingues de Miranda, este workshop foi realizado pela companhia elétrica para tratar de seus procedimentos comercias e normas técnicas, “a associação foi convidada a participar do workshop para expor as reivindicações da categoria e sanar dúvidas relativas aos serviços da Concessionária, serviços relativos a nós profissionais da área técnica”, destacou o presidente da AMEE-MT.

Edson Miranda também explicou da importância do evento quanto às divergências de procedimentos comerciais e de normas técnicas, especificamente na área de apresentação de projetos. “Devido a estas inconformidades a Energia realizou o whorkshop levando a todo o conhecimento de maneira eficaz, esclarecendo as dificuldades encontradas pelos profissionais”, pontua.

De acordo com o Gerente de Departamento de Construção e Manutenção da Energisa, Glauber Niero, a maior importância do evento é o estreitamento de relacionamento, com o cliente, com a comunidade de uma forma geral. “Valorizamos muito a proximidade com o cliente e também com os profissionais relativos ao setor, entendemos que é um deve nosso para com a sociedade prestar um serviço de qualidade, mas ao mesmo tempo, entender quais são os anseios de nossos clientes, trabalhamos com um serviço essencial, para o desenvolvimento econômico do Estado e por conta disso é fundamental que a aproximação com o cliente seja a maior possível”, disse Glauber.

*Equipe de Comunicação do Crea-MT

Fonte: CREA-MT

content_copyClassificado como