Interiorização do TCE-MT impacta na qualidade das políticas públicas

access_time 3 anos atrás

Luciano Chitolina, Vereador de primeiro mandato Cláudio Oliveira, vereador de Sorriso A iniciativa do Tribunal de Contas de se deslocar da Capital para o interior e levar conhecimento aos vereadores foi elogiada pelo presidente da Câmara Municipal de Sinop, Ademir de Bortoli. Ele destacou que hoje os vereadores veem o órgão de controle externo como um parceiro que ajudará a gestão do Poder Legislativo Municipal a reduzir os erros que podem comprometer a qualidade das políticas públicas. Nesta quarta-feira (21.06), o TCE-MT abriu o ciclo de capacitações em Sinop com o Programa Democracia Ativa, que tem por finalidade capacitar vereadores sobre a melhor forma de exercerem suas funções. Além do município sede, participam do encontro legisladores de mais 16 cidades da região. São elas: Cláudia, Feliz Natal, Gaúcha do Norte, Guarantã do Norte, Itaúba, Marcelândia, Matupá, Novo Mundo, Nova Santa Helena, Peixoto de Azevedo, Santa Carmem, Sorriso, Tabaporã, Terra Nova do Norte, União do Sul e Vera. O presidente da Câmara também ressaltou a importância do Programa Democracia Ativa para os vereadores, principalmente aqueles que assumem a função pela primeira vez. Segundo Bortoli, a renovação no Legislativo nas últimas eleições municipais foi grande e muitos vereadores de primeiro mandato assumem o cargo sem saber exatamente qual a função que vão exercer. "O Tribunal de Contas vem mostrando aos vereadores que, além de legislar, a função essencial do vereador é fiscalizar os recursos públicos e auxiliar o Poder Executivo na distribuição desses recursos, estabelecendo prioridades", pontuou. Vereador de primeiro mandato em Sinop, o empresário e agricultor Luciano Chitolina, ex-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do município, contou que já participou de outra capacitação do Tribunal de Contas, mas que a cada participação consegue aprender mais, já que em apenas uma apresentação não é possível captar todas as informações. Com mais conhecimento ele acredita que poderá aprimorar o trabalho desenvolvido no município, principalmente quanto à fiscalização dos recursos públicos, para tornar seu trabalho mais eficaz. Cláudio Oliveira, vereador de Sorriso no segundo mandato, também já compareceu a outros cursos de capacitação do TCE-MT, mas ressaltou que em cada palestra aprende alguma coisa diferente, além de se atualizar sobre as novidades na legislação, que muda frequentemente. Ele destacou que a capacitação é fundamental para os vereadores de primeiro mandato, que ainda estão aprendendo o exercício da função. Dos 11 vereadores de Sorriso, 10 foram até Sinop para participar do Programa Democracia Ativa.Programação

content_copyClassificado como