O serviço público é para servir à sociedade, diz presidente do TCE

access_time 2 anos atrás

Presidente do TCE-MT, conselheiro Gonçalo Domingos de Campos Neto discursa durante cerimônia de posse da mesa diretora 2018-2019 Cumprir com a missão institucional de controle externo e contribuir para o aprimoramento da gestão pública de Mato Grosso com muito trabalho, dedicação e humildade. Essas foram as principais metas citadas pelo conselheiro presidente Gonçalo Domingos de Campos Neto; pelo vice-presidente, conselheiro interino Luiz Henrique Lima, e pelo corregedor-geral, conselheiro interino Isaías Lopes da Cunha; empossados na manhã desta quarta-feira (20.12), no auditório da Escola Superior de Contas do Tribunal de Contas de Mato Grosso. Gonçalo Domingos de Campos NetoPRESIDENTE DO TCE-MT "Penso que todos que acompanharam minha trajetória profissional que culmina hoje, neste momento ímpar em minha vida, sabem que cresci em um ambiente político. Tenho orgulho do meu pai, de todos os seus passos, e de seus ensinamentos, acredito que ele, onde quer que esteja, está tão feliz quanto eu estou neste momento" Sendo o mais jovem conselheiro em toda a história do Tribunal de Contas, o novo presidente da Corte de Contas, conselheiro Domingos Neto, fez questão de agradecer sua família pela educação, conhecimento e fé em Deus. "Penso que todos que acompanharam minha trajetória profissional que culmina hoje, neste momento ímpar em minha vida, sabem que cresci em um ambiente político. Tenho orgulho do meu pai, de todos os seus passos, e de seus ensinamentos, acredito que ele, onde quer que esteja, está tão feliz quanto eu estou neste momento", disse. Sobre o TCE, destacou: "tenho acompanhado os nossos avanços, mas tenho claro que precisamos ir além. É preciso pensar no fortalecimento e no futuro da instituição", afirmou. Quanto à sua gestão frente a Presidência da Corte de Contas, de 2018 a 2019, Domingos Neto disse que nos últimos 12 anos o TCE adotou o modelo gerencial pautado no planejamento estratégico de longo prazo, "construído coletivamente e pensado para ser executado ao longo das gestões. É nesse propósito que a nossa gestão será pautada", anunciou. Por fim, o conselheiro lembrou aos servidores, representantes dos poderes constituídos, procuradores e promotores que estiveram presentes na solenidade de posse, que "devemos ter a consciência de que o serviço público é para servir a sociedade, com a oferta de produtos que atendam ao cidadão. E o TCE é uma instituição que

content_copyClassificado como