CAU-MT e CREA apresentam à rede de controle palestra sobre o exercício ilegal da profissão de Arquitetura e Engenharia

CAU-MT e CREA apresentam à rede de controle palestra sobre o exercício ilegal da profissão de Arquitetura e Engenharia

access_time 5 meses atrás

A Rede de Controle da Gestão Pública de Mato Grosso, durante reunião ordinária realizada na tarde desta quarta-feira(03.07) no CAU-MT, recebeu a apresentação do Conselho de Arquitetura e Urbanismo – CAU-MT que falou sobre o exercício ilegal da profissão de Arquitetura e Engenharia. A inciativa também tem o apoio do CREA-MT, representado pela Vice – Presidente Marciane Prevedello Curvo.

Além dos coordenadores da rede, e representante do CAU-MT, André Nör, estiveram presentes no encontro o MP de Contas, representado pela Assessora Jurídica Letícia Roberta Pozzobon, Adriano da Costa – Audicom/MT, Daniel Ribeiro Taurines – TRE/MT, Conselheiro Moisés Maciel – TCE-MT, entre outros.
A apresentação foi realizada pela agente de fiscalização do CAU-MT, Natália Magri. Para ela, o exercício ilegal da profissão causam prejuízos irreparáveis à sociedade.“Queremos mostrar aqui as consequências através de vídeos e matérias, quando temos obras e projetos que são desenvolvidos por pessoas que não tem habilitação técnica, que isso impacta diretamente na sociedade, podendo acarretar desmoronamento de obras, por exemplo, algo de extrema gravidade. De acordo com uma pesquisa realizada, 80% das pessoas não procuram um técnico, engenheiro ou arquiteto para fazer uma obra ou projeto. Hoje, trabalhamos com uma margem muito pequena de pessoas que realmente sabem da importância de contratar um profissional habilitado”, disse Natália.

Ainda de acordo a agente, a rede de controle ajudará no sentido de realizar parcerias e termos de cooperação, para que em rede possamos contribuir para o aumento dessa conscientização. “Quanto ao CREA-MT e o CAU-MT, por exemplo, a punição é administrativa e muitas vezes as pessoas não se importam com a multa, pois por exemplo, para uma pessoa que se passa por um arquiteto a 20 anos, pagar uma multa de 2 mil reais, o crime compensaria”, completou.

A Vice- Presidente do CREA-MT Marciane Prevedello Curvo, frisou a importância do Estado ter no plano de governo, um projeto para manutenção das obras.”O estado faz as obras e não tem nenhum plano de manutenção, muitos acidentes acontecem por falta de manutenção, queremos provocar essa discussão, o que podemos fazer em rede, para mudar tudo isso, e evitar novas catástrofes?.”

A Rede de Controle reúne mensalmente membros e instituições colaboradoras para troca de experiências, informações e participação em grupos de trabalho. Conheça o trabalho da Rede de Controle da Gestão Pública em Mato Grosso. Acesso: www.redecontrole.mt.gov.br.

content_copyClassificado como