Artigo de aluno da UFMT sobre PDI do TCE é aprovado em conferência na Áustria

access_time 2 semanas atrás

Os resultados do Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI) junto a 23 municípios é tema de artigo de pesquisa acadêmica selecionado em evento internacional. Com o título “Indicadores de Gestão Pública Municipal: Estudo de múltiplos Sistemas de Medição de Desempenho” o trabalho foi aceito no evento “8th International Conference on Electronic Government and the Information Systems Perspective” (EGOVIS 2019) que ocorre em Linz, na Áustria, entre os dias 26 e 29 de agosto. Assinam a autoria do texto: Marcus de Oliveira, Renato Neder, Paulo de Souza, Cristiano Maciel, José Marcelo de Almeida, Naise Freire, Cassyra Vuolo, Alexandre dos Anjos e Débora Pedrotti.

“O artigo é a construção de um aluno que demonstrou interesse em trabalhar com indicadores”, afirmou Neder, orientador de Marcus de Oliveira no curso de especialização em Gestão Financeira e Estratégia Organizacional da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis da UFMT. Trata de uma análise da consolidação de um conjunto de indicadores de gestão pública municipal em todas as áreas nos 23 municípios que compõem o Programa. “O mérito do trabalho é que ele passou pelo crivo de várias pessoas, recebendo contribuições desde aqueles envolvidos no cotidiano do TCE aos que estão mais imersos em questões acadêmicas”, finalizou Neder.

No trabalho, os autores discorrem que gestão por resultados enquanto paradigma administrativo pode ser pensada como uma forma das organizações privadas e públicas gerirem seus recursos com foco em resultados organizacionais. É proposto um estudo multicaso, com o intuito de analisar um projeto público de gestão por resultados que faz parte do PDI, do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, por meio análise de 24 planos estratégicos de prefeituras distintas do estado de Mato Grosso.

É analisada a estrutura de 10 dimensões e 63 sub-dimensões que permitiram a mineração dos 1.094 indicadores e posterior análise de um grupo de 498 indicadores unívocos de Gestão Pública. Os mesmos foram obtidos por intermédio do Sistema de Planejamento Estratégico (GPE) que guarda e operacionaliza os múltiplos Sistemas de Medição do Desempenho (SMD). Como contribuição tecno-acadêmica, propõe-se um conjunto de 68 indicadores públicos municipais que podem ser usados no projeto em questão e em casos semelhantes.

content_copyClassificado como